Abomine 5 Hábitos que Deixam Seus Cabelos Mais Oleosos que o Normal.

agosto 31, 2018 | 0 Comments | Noticias

Para homens e mulheres com cabelos oleosos, uma rotina de extremos cuidados deve ser seguida para ficar livre desse problema.

Mas lembre-se que mesmo sem que você perceba, hábitos rotineiros do dia a dia podem estar contribuindo para o aumento do indesejado aspecto ensebado.

Aqui no blog Gil News, citamos 5 hábitos mais frequentes:

  • Não lave os cabelos com muita frequência, pois pode agravar ainda mais o problema. Removendo os fios com frequência, as glândulas sebáceas entendem que o couro cabeludo está precisando de óleo e aumenta ainda mais sua produção. O ideal é lavá-las um dia sim e um dia aposte no chuveiro de água fria. O quente ajuda na produção de sebo.

 

  • Escolha o produto certo para seu tipo de cabelo, principalmente o shampoo, fazendo toda a diferença no controle da oleosidade. Invista em um shampoo de limpeza profunda para remover os resíduos do couro cabeludo e equilibrar a produção de óleo no couro cabeludo.

 

  • Usar máscaras, condicionadores ou cremes de pentear na raiz não é indicado para nenhum tipo de cabelo, principalmente para os oleosos. Esses produtos aumentam a oleosidade, deixando as madeixas com aspecto pesado e com acúmulos de resíduos. Nesse caso, podem causar caspas e irritações no couro cabeludo.

 

  • Passar a mão nos fios o tempo todo pode parecer um hábito normal e inocente, mas piora o aspecto de oleosidade de quem já tem esse problema. Com as constantes impurezas do dia a dia, nossas mãos contém um pouco de oleosidade, que passam para os fios quando entram em contato com eles. Deixe os movimentos para apenas quando for desembaraçá-los ou estiver fazendo algum penteado.

 

  • Limpe corretamente sua escova. Higienize-a sempre e retire resíduos de produtos antigos e da oleosidade que foi removida. Use apenas água corrente e para a remoção das impurezas, vale aplicar um pouco de shampoo.

 

Agende um horário com nossos profissionais.

 

Assessoria de Imprensa.

Consult MKT.

http://www.consultmkt.com.br

Comments are closed.